music_note
  • ¡HAZ TU PROGRAMA!
  • ¿QUÉ HACEMOS POR TI?
  • CONTACTO

ACTUALIDAD

Comer em tempo de Covid: A’paranza Tasca Italiana

todaynoviembre 22, 2020

Fondo
share close

Tenho comido algumas massas com anchovas, mas nenhuma se comparou à deste A’paranza. A pasta é dura, bem mais do que o al dente tuga, dura mesmo, dura de Nápoles, região de origem dos donos. E o molho de anchovas e tomate cereja tem o balanço perfeito de gordura e doce, tudo envolvido já na mesa em burrata, uma decadência cremosa e escorregadia como o soalho do ClubJenna, uma das melhores coisas que podemos comer nesta cidade por 12 euros.

Fosse só isto e era muito bom, mas houve mais coisas notáveis. No A’paranza estamos na Itália do Sul e do mar, com pescado das lotas de Sesimbra e Peniche. Uma Itália que tem petinga e lulas fritas embrulhadas em papel. E tem pacheri, massa antiga de sêmola de trigo duro, como um macarrão grande, aqui com espadarte, tomate cereja e beringela. E tem fettuce com ovas de tainha secas (petisco raro em Portugal, mas célebre no Sul da Itália, onde são conhecidas como bottarga).

Numa das visitas, andámos pelos anti-pasti e quase ficámos por aí, tantas eram as atracções. Mexilhões abertos em limão e pimenta, cozinhados no ponto, tenros e suculentos. Polipetti affogati, polvinhos guisados, mesmo inhos, profundos no molho escuro de tomatada e vinho.

Outra coisa boa é que este italiano é franco e permite partilhar – longe dessas reminiscências dos anos 90, casas forradas a marcas importadas DOP disto e daquilo, com hidratos de carbono ao preço de carabineiros. Éramos cinco, pedimos quatro entradas e três pastas, sugestão da casa. No início, achei curto. Mas proprietários que sugerem a menos têm o meu apreço. E este revelou-se certo na previsão. Como também estava certo quando elogiou o vinho mais económico da casa, Alpedrinhas, da Beira Interior, a aguentar-se com tudo. E quando insistiu no tiramisù (como se fosse preciso), servido à fatia, um tijolo de mascarpone sem invenções, belo final de refeição para quem passa a grappa.

O A’paranza é mais um segredo recente da Penha de França, essa caixinha de surpresas da era Covid. Fica do lado da Graça e a abertura coincidiu com o início do confinamento. Fiz lá três refeições, todas belíssimas. Fora a cozinha, a sala é magnífica, limpa, arejada, luminosa, madeiras e betão e candeeiros. Acresce que o proprietário sabe de música – e isso nota-se. Numa coluna Marshall, assente num maravilhoso aparador, toca afrobeat, música do mundo e jazz.

(O que foi feito do jazz? Não do jazz pianinho para estudar, nem do que agora se dança em Inglaterra. O que é feito do jazz das cornetas, dos quintetos, jazz para ouvir parado, com um copo de uísque e grandes pensamentos? Onde anda o jazz dos buracos escuros a cheirar a tabaco?)

Resumindo. É ir, muitas vezes.

Rua Heliodoro Salgado, 8, Lisboa. 21 246 6202. Seg-Sáb 19.00-22.30. Preço: 20€ -25€

+ Comer em tempo de Covid: Prado Mercearia

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

Escrito por Comunicación Cultural

Rate it

Artículo anterior

ACTUALIDAD

Más restricciones en Portugal por el alza “preocupante” de casos de covid

 El primer ministro de Portugal, António Costa, anunció hoy las nuevas restricciones que entrarán en vigor a partir del próximo 24 de noviembre ante un aumento “extremadamente preocupante” de casos de Covid-19 en las últimas semanas, por lo que en algunas zonas endurecerán el toque de queda. Durante una rueda de prensa ofrecida esta noche en el Palacio de Ajuda de Lisboa, Costa anunció que será obligatorio el uso de […]

todaynoviembre 22, 2020 2


Publicaciones similares

ACTUALIDAD

Lo mejor y lo peor de la semana: el fármaco contra el Alzheimer que ralentiza su avance por primera vez. China mantiene la represión contra la protesta social.

Como cada semana desde En Positivo queremos poner en valor las mejores noticias de la semana. Todas ellas noticias positivas de diversa índole pero que muestran que el mundo sigue avanzando aún en medio de las dificultades. Aquí las mejores noticias de esta semana: 1. Un fármaco experimental contra el […]

todaydiciembre 2, 2022 1


Portuguese PT Spanish ES
0%