music_note
  • ¡HAZ TU PROGRAMA!
  • ¿QUÉ HACEMOS POR TI?
  • EVENTOS LATINOS
  • CONTACTO

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

Amadora BD regressa ao formato presencial em Outubro e Novembro

todayagosto 12, 2021 7

Fondo
share close

Durante anos, por volta de Outubro e Novembro, os amantes de banda desenhada portugueses faziam uma peregrinação à Amadora, que por esses dias se transformava na cidade da BD. Até que, no ano passado, a pandemia impediu as deslocações e ajuntamentos e o Amadora BD teve de se realizar online. Mas em 2021, se tudo correr bem, os bibliófilos voltarão à Amadora.

Pelo menos é esse o plano da câmara municipal e da organização do festival, que acaba de anunciar que o Amadora BD vai regressar ao velho formato presencial entre 21 de Outubro e 1 de Novembro. Haverá exposições, lançamentos, sessões de autógrafos, apresentações, workshops e palestras distribuídas por diversos pontos do concelho.

O núcleo central desta edição situa-se no Ski Skate Amadora Parque. Mas a Bedeteca da Amadora e a Galeria Municipal Artur Bual também devem acolher alguns eventos e actividades do festival internacional de banda desenhada. Para quem ainda não está preparado para se meter em grupos, vão ser programadas várias iniciativas em formato híbrido, que podem ser acompanhadas online.

Ainda não se sabe quem vão ser os autores convidados, nem os livros apresentados, mas já foi confirmado que vão ser atribuídos os Prémios de Banda Desenhada da Amadora e distinguir, pela primeira vez, a Melhor Banda Desenhada de Autor Português com um prémio de cinco mil euros. As inscrições para os prémios já estão abertas e os regulamentos podem ser consultados online.

+ Web Summit vai voltar a realizar-se ao vivo em Lisboa em Novembro

+ FUSO 2021: festival de videoarte regressa a Lisboa no final de Agosto

Escrito por Comunicación Cultural

Rate it

Artículo anterior

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

Aldeana faz cerveja com as sobras de pão dos supermercados ALDI

A cervejeira artesanal Aldeana e a cadeia de supermercados ALDI juntaram-se para produzir uma cerveja. Mais concretamente, uma Bread Beer, feita com o pão que sobra nas lojas do retalhista. “Aproveitámos as sobras de pão das suas lojas e criámos uma cerveja mais sustentável, através da substituição de parte dos nossos maltes habituais”, explica Miguel Cáceres, da Cerveja Aldeana. “O resultado foi uma cerveja âmbar, distinta, mas descomplicada, marcada por notas de […]

todayagosto 12, 2021 9


Publicaciones similares


Portuguese PT Spanish ES
0%