music_note
  • ¡HAZ TU PROGRAMA!
  • ¿QUÉ HACEMOS POR TI?
  • CONTACTO

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

Eu gambo, tu gambas, ele gamba. Vamos Gambar no novo restaurante do Cais do Sodré

todaydiciembre 30, 2021

Fondo
share close

Eu gambo, tu gambas, ele gamba. Vamos Gambar no novo restaurante do Cais do Sodré

Certo dia, à mesa, um chef brasileiro e um foodie português falavam sobre gambas. O foodie comentava que, em Lisboa, só as comia em dois ou três sítios da sua confiança. O chef respondeu-lhe, garantindo que é capaz de preparar umas gambas divinais. Provas dadas, fizeram nascer o Gambar, o novo restaurante do Cais do Sodré dedicado às gambas e também ao polvo, onde se come em ambiente descontraído e intimista.

“Nós queremos que quando se fala de gambas sejam as nossas gambas, e que quando se fala de polvo seja o nosso polvo”, afirma Tiago Drummond, um dos sócios do restaurante. O chef executivo Dimas Cavallo, a outra metade do Gambar, partilha do mesmo desejo. “Quero que o nosso restaurante seja a referência de gambas em Portugal. Porque o que nós fazemos aqui é invulgar. É um método de confecção diferente, as receitas misturam influências de diversos países”, garante. E acrescenta: “o Gambar é como um verbo. Vamos gambar hoje? Gambamos?”.

Assim, no menu criado por Dimas, mas confeccionado com a ajuda de outra chef, Joana Forte, há opções mais tradicionais e outras mais ousadas. O objectivo é partilhar e experimentar vários pratos. Entre os favoritos estão o arroz de polvo, uma interpretação do chef da receita clássica (19€); o pastel de gambas, uma adaptação do pastel de bacalhau (15€); as gambas escondidas, para os apreciadores de Queijo da Serra (16€); as gambas Gambar, com travo a manteiga e limão (14€); e as gambas exóticas, com molho de tomate, amendoins, leite de coco e malagueta (14€).

Gambar
DR

A preocupação com a sustentabilidade é uma das bandeiras do projecto: não se vê plástico e as doses são pensadas para evitar o desperdício. Também é utilizado carvão biológico, que além de ser mais ecológico é também mais saudável, com menos toxinas e fumo.

Para já, o Gambar só serve jantares, mas os almoços devem arrancar em breve, com um menu executivo. A ideia é que o almoço seja mais leve e mais rápido, para as pessoas que trabalham nas redondezas, e que ao jantar o Gambar seja um bistro. “Ao almoço vamos ter uns pratos mais ligeiros, uma coisa mais executiva. Mas das 19.00 às 23.00 somos bistro, com guardanapos e toalhas de pano e vinhos maravilhosos [uma parceria com o Monte da Ravasqueira] que temos aqui”, explica o chef. Para acompanhar a refeição há ainda cervejas da Musa.

Ora, se é um restaurante e também um bistro, também pode ser um bar. Bebendo do espírito festivo do Cais do Sodré, às quintas, sextas e sábados por volta das 23.30, “levanta-se tudo, as luzes começam a piscar coloridas, a música vai lá em cima e isto vira um bar do Cais do Sodré”, descreve Dimas. “Dentro do espírito de bar queremos ter noites temáticas. Vamos ter música ao vivo, DJs..”, continua Tiago. O cocktail da casa, feito com gin e puré de morango (10€), é um bom chamariz. 

Gambar
DR

E se dúvidas houvesse de que é um espaço dedicado às gambas e ao polvo, além das várias sugestões na carta, as duas proteínas também fazem parte da decoração, com peças em cerâmica do artista Pedro Versteeg a enfeitarem as paredes. Foi também ele o responsável por dois murais coloridos, que fazem uma homenagem ao Cais do Sodré. ”Em vez de se fazer aquilo que normalmente se faz nos restaurantes, que é uma galeria, queríamos um artista que visse o Cais do Sodré pelo que o Cais do Sodré é. Então chegámos ao Pedro Versteeg que tem sido o nosso artista residente”, conta Tiago. 

Gambar
DR

Esta é a segunda proeza do foodie português e do chef brasileiro, que também são sócios da hamburgueria Blue Jeans, em Paço de Arcos. Em Janeiro, partem para mais uma aventura com a inauguração de um outro espaço — um american bar. Até lá, gambamos.

Rua do Corpo Santo 20. Ter-Qua 19.00-00.00. Qui-Sáb 19.00-02.00.

+ A primeira loja de bairro d’A Tarte é um laboratório de sabores

+ Musa recebe o novo ano com DJs, karaoke e menu para a ressaca

Escrito por Comunicación Cultural

Rate it

Artículo anterior

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

Em Fevereiro, vivem-se os loucos anos 20 num passeio por Lisboa

Os Itinerários de Lisboa têm levado, pelas mãos dos técnicos da autarquia, munícipes e visitantes à descoberta da cidade. A partir de diferentes temas, aborda-se a vida quotidiana, o património edificado e literário e até as ruas e paisagens urbanas. No próximo ano, já no mês de Fevereiro, a proposta será regressar aos loucos anos 20. Como? Através de um percurso pelo epicentro da vida cultural, mundana e boémia da […]

todaydiciembre 30, 2021


Portuguese PT Spanish ES
0%