music_note
  • ¡HAZ TU PROGRAMA!
  • ¿QUÉ HACEMOS POR TI?
  • CONTACTO

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

João Rodrigues sai do estrelado Feitoria e do Rossio Gastrobar

todayabril 22, 2022 8

Fondo
share close

João Rodrigues sai do estrelado Feitoria e do Rossio Gastrobar

Ao fim de 13 anos, o chef João Rodrigues anunciou esta sexta-feira nas redes sociais que vai sair do Restaurante Feitoria, em Belém, terminando o seu vínculo com o grupo Altis Hotels. Sobre o que se segue, nada se sabe, mas fica no ar a existência de um novo projecto. “Agora, olhos já no futuro e com muita vontade do que aí vem… Vamos com tudo”, escreve João Rodrigues, de quem a Time Out tentou obter uma reacção, sem sucesso. Já o grupo Altis prometeu-nos novidades sobre o que acontecerá ao Feitoria na próxima semana. 

No Feitoria desde 2009, quando entrou como subchefe, depois de ter passado por cozinhas como a da Bica do Sapato ou a do Hotel Ritz Four Seasons, João Rodrigues assumiria a chefia do restaurante em 2013, um ano depois da chegada da estrela Michelin, que conseguiu manter até hoje. 

Respeitado pelos pares, o chef é apontado há muitos anos como um dos melhores do país. Ainda recentemente, nos prémios Mesa Marcada, o site de gastronomia fundado há mais de uma década por Miguel Pires e Duarte Calvão, Rodrigues e o Feitoria foram premiados pela sexta vez consecutiva nas categorias de chef e restaurante preferidos. O trabalho que vinha a fazer no Altis Belém, onde prima pela qualidade do produto, numa relação cada vez mais próxima com os produtores, merecia para muitos gastrónomos a segunda estrela. 

Na sua visita recente ao Feitoria, o crítico da Time Out Alfredo Lacerda destacava precisamente isso, aludindo ao trabalho que João Rodrigues tem feito com o Projecto Matéria, onde pretende promover e dar a conhecer os produtores nacionais que exercem boas práticas agrícolas e de produção animal em respeito pela natureza e meio ambiente. “Os restaurantes portugueses têm uma dificuldade crónica em conseguirem bons produtos de forma consistente. Ora, o chef João Rodrigues tem lutado contra isso. O Projecto Matéria, criado por si, reúne alguns dos melhores talhantes, apicultores, olivicultores, pescadores e criadores de gado deste país”, escreveu Lacerda, concluindo, porém, que a experiência dessa noite “esteve longe de se encaixar naquilo que é uma refeição num duas estrelas Michelin, em Portugal ou em Espanha”. 

E foi mais longe: “João Rodrigues é feito de outra matéria e dará, com certeza, novo impulso à casa. Ou isso ou está na hora de mudar de freguesia”, escreveu no final de Março. 

A hora chegou agora. “13 anos não são 13 dias, entranham-se na pele. O caminho foi duro, construído com altos e baixos, mas com um saldo francamente positivo, e com muitas conquistas a vários níveis que me orgulham. Mas, chega sempre a altura em que precisamos de fechar ciclos para que outros se abram. Por isso, este passo que dou não é o fim de algo, mas sim o começo de uma nova etapa”, escreve o chef esta sexta-feira no Instagram. “Sinto-me muito agradecido por tantas pessoas e memórias que levo comigo no pensamento e que me ajudaram a ser melhor. Desejo o maior sucesso ao Restaurante Feitoria, que terá sempre um lugar especial no meu coração.”

Ao Boa Cama Boa Mesa, Rodrigues fala de “várias possibilidades em cima da mesa, que podem passar por Portugal ou pelo estrangeiro”. “Há uma nova perspectiva e novos horizontes para explorar”, acrescenta ainda, ambicionando “liberdade para trilhar caminho novo”. De acordo com o mesmo meio, o último serviço do chef no Feitoria será sábado, dia 30 de Abril.

Esta saída significa também que João Rodrigues deixa o Rossio Gastrobar, que abriu em 2019 no topo do Altis Avenida.

Resta saber o que se segue.

+ Leia a crítica de Alfredo Lacerda ao Feitoria

+ Restaurantes com estrela Michelin em Lisboa

Escrito por Comunicación Cultural

Rate it

Artículo anterior


Publicaciones similares


Portuguese PT Spanish ES
0%