music_note
  • ¡HAZ TU PROGRAMA!
  • ¿QUÉ HACEMOS POR TI?
  • CONTACTO

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

O Pátio das Antigas: O café-restaurante com nome de cinema

todaynoviembre 12, 2022 1

Fondo
share close

O Pátio das Antigas: O café-restaurante com nome de cinema

“Vamos ver um filme ao Império e depois comer um bife lá abaixo?” era uma frase que se ouvia muito quando o Cinema Império (e a sua sala Estúdio) funcionava ainda na Alameda. “Lá abaixo”, era o Café-Restaurante Império (ou “do Império”, como também lhe chamavam), que foi inaugurado em 1955, três anos após a abertura do cinema, no mesmo edifício, um projecto de Cassiano Branco que por motivos de saúde não o pôde concluir, o que ficaria a cargo dos seus colegas Raul Ramalho e Frederico George (no projecto inicial, o acesso ao café-restaurante podia ser feito directamente pelo cinema).

Era um verdadeiro regalo ir ao Império tomar café, lanchar ou fazer qualquer outra refeição, quer se tivesse ido antes ao cinema ou não, ficássemos na grande sala de baixo ou fôssemos para a galeria ver o que se passava ou quem estava cá em baixo, ou então jogar bilhar, naquele ambiente dominado pela decoração do pintor Dourdil e do escultor mestre Martins Correia. Era lá que também iam estudar ou conviver muitos estudantes do vizinho Técnico. Em épocas festivas como o Natal ou a Páscoa, o Café-Restaurante Império era o ponto de encontro de muitas famílias e grupos de amigos da zona, bem como de outros pontos de Lisboa. A proximidade do Império e do Estúdio ajudava a que ali se vivesse uma atmosfera única. Sobreviveu ao fecho dos dois cinemas e continua hoje a funcionar.

Coisas e loisas de outras eras:

+ Cinema, teatro e gelados no mesmo edifício

+ Tenor Romão, o grande excêntrico

+ A breve vida do Theatro Moderno

+ Quando a Avenida do Aeroporto não tinha nome

Escrito por Comunicación Cultural

Rate it

Artículo anterior


Publicaciones similares


Portuguese PT Spanish ES
0%