music_note
  • ¡HAZ TU PROGRAMA!
  • ¿QUÉ HACEMOS POR TI?
  • CONTACTO

ACTUALIDADE EM PORTUGAL

O velho novo Red Frog

todayagosto 4, 2021 4

Fondo
share close

Na lista dos 100 melhores bares do mundo, o Red Frog, na Rua do Salitre, numa porta identificada com um sapo vermelho onde era preciso tocar à campainha para entrar, estava fechado desde Março de 2020, quando começou a pandemia. Não voltaria a abrir portas no mesmo sítio. O senhorio não quis renovar o contrato e passou pela cabeça dos sócios do bar, Paulo Gomes e Emanuel Minez, “acabar com a marca”, confessa Paulo, o cérebro dos cocktails do bar.

Os dois sócios tinham aberto em 2019 outro bar ali perto, o Monkey Mash, no antigo clube de strip Fontória, com decoração colorida, cocktails mais tropicais e a apostar no desperdício zero. Foi essa a salvação do Red Frog. No segundo confinamento, já em 2021, o bar fechou para uma “mudança estrutural” e renasceu com os dois negócios a funcionar lá dentro: o Monkey Mash e o Red Frog, este último numa versão mais pequena e mais exclusiva.

 

Red Frog
© Mariana Valle Lima

“Foi pôr um bar dentro de outro, sem desvirtuar os dois”, resume Paulo. Sem alaridos, apenas com uma subtil actualização da morada do bar nas redes sociais. O novo bar, escondido numa sala dentro do Monkey Mash, é “um terço do Red”. “Está lá a essência, o espaço e a decoração”, mas em ponto pequeno. Se no antigo speakeasy bar cabiam 70 pessoas, agora cabem menos de metade. Mais ainda em período de restrições e distanciamento.

A solução que encontraram para acolher mais gente por noite foi através de reservas no site do bar em vários slots de duas horas, a partir das 18.00 e agora até às duas da manhã. Com ainda mais uma inovação: a comida para acompanhar os cocktails, como bolinhas de alheira de caça, queijos, presunto, tártaro e katsu sando.

Red Frog
© Mariana Valle Lima

A nova carta, “(Re)Viver)”, é, na verdade, um best of de cocktails antigos, alguns muito pedidos por clientes, como o Red Potion (12€), “o maior bestseller de sempre”, que tinha sido retirado do menu por opção. “Estávamos fartos de vender isto. A nossa abordagem do bar nunca foi ser massivo e mainstream, foi ter algo diferente e inovador”, explica Paulo. Agora volta para matar saudades, mas com uma nova interpretação.

Ao todo, há dez cocktails de autor, mais dez cocktails clássicos com um twist, como o Porto Flip (12€), com pastel de nata clarificado ou o Ramos Gin Fizz, com uma gema de ovo crua com os temperos do Bloody Mary para comer antes do cocktail (também a 12€). Há também um postigo onde dá para ir buscar todos os cocktails numa garrafa (à excepção do Ramos Gin Fizz) e levar para casa, com preços a partir dos 20 euros.

Praça da Alegria, 66. Ter-Sáb 18.00-02.00. Reservas a partir de 16 de Agosto em redfrog.pt ou 215 831 120.

+ Há duas dezenas de cachaças artesanais para provar no Copa

+ A nova edição da Time Out Lisboa já se encontra nas bancas 

Escrito por Comunicación Cultural

Rate it

Artículo anterior


Portuguese PT Spanish ES
0%