ACTUALIDADE EM PORTUGAL

Regresso da Thug Unicorn a Lisboa, com o Dengo Club, adiado para Maio

todayabril 17, 2024

Fondo
share close

Regresso da Thug Unicorn a Lisboa, com o Dengo Club, adiado para Maio

Depois de seis anos de ausência, Luísa Cativo e Supa reavivaram as noites Thug Unicorn no passado sábado, 13, no Hard Club (Porto), numa parceria com o Dengo Club de Saint Caboclo. E não podia ter corrido melhor. Estavam à espera de 400 pessoas e apareceram 600. Muitas mais ficaram à porta. O regresso a Lisboa estava agendado para este sábado, mas teve de ser adiado para 4 de Maio.

O anúncio foi feito pelo Dengo Club, através do Instagram. “Devido a circunstâncias imprevistas, tomámos a difícil decisão de adiar a Y2K LX, originalmente marcada para sábado”, escreveram naquela rede social. “Esta decisão não foi tomada de forma fácil; o clubbing em Portugal ainda não é reconhecido como cultural, e o governo dificulta imenso a realização de festas como a nossa.”

Contactado pela Time Out, Saint Caboclo explicou que a sala onde tinham pensado fazer a festa “não conseguiu assegurar as licenças necessárias”. Ainda de acordo com o DJ e promotor, “quase todos os espaços em Lisboa estão a sofrer do mesmo”. Particularmente os mais alternativos.

Tocar no passado e no presente ao mesmo tempo

O organizador prefere, porém, olhar para o lado positivo. O novo local, o Higher Ground, tem uma capacidade maior do que a sala secreta onde tinham pensado originalmente montar esta edição do Dengo Club. O que é bom, porque a maior parte dos bilhetes para a data original já estava vendida.

Em Lisboa, esperam repetir o sucesso verificado no Porto, onde o Dengo Club nunca tinha recebido tanta gente. “E pela primeira vez o número de pessoas com mais de 30 anos era similar ao número entre os 18 e os 30”, partilha o organizador. De acordo com Cativo, “foi como tocar no passado e no presente ao mesmo tempo”.

Para a DJ radicada no Porto foi também curioso perceber como, comparativamente ao Dengo Club, “a Thug [Unicorn] era uma cena mesmo muito rudimentar”. E continua: “Até meio punk, porque realmente não havia estrutura nenhuma nos nossos sets.” Ri-se. “Era mesmo como estar a ouvir música no Youtube com as amigas.” Na noite de 4 Maio, vamos voltar a ouvir música com elas.

Higher Ground. 4 Mai (Sáb). 23.59-06.00. 15€

Siga o novo canal da Time Out Lisboa no Whatsapp

+ O 25 de Abril dá o mote para pensar nos Futuros da Liberdade na Ajuda

Escrito por

Rate it

0%