ACTUALIDADE EM PORTUGAL

Todas as greves nos aeroportos europeus que deve ter em conta agora

todayjulio 5, 2024 1

Fondo
share close

Todas as greves nos aeroportos europeus que deve ter em conta agora

É um momento difícil para se trabalhar na indústria da aviação. Com escassez de pessoal e elevados níveis de perturbação, muitos trabalhadores de companhias aéreas e aeroportos enfrentam longas horas e más condições de trabalho. E, devido à crise do custo de vida e aos cortes salariais da era pandémica, muitos deles estão a fazer tudo isso por salários mais baixos.

Não é de admirar que tantos funcionários de aeroportos e companhias aéreas estejam a entrar em greve. Da Itália e da Bélgica até à Grécia e a França, há aeroportos por toda a Europa a verem milhares de voos atrasados e cancelados devido a acções sindicais.

Estas paralisações podem, obviamente, ter um impacto sério nas suas férias, por isso é melhor estar o mais informado possível sobre elas. Continue a ler o nosso guia sobre quem está a fazer greve na Europa agora, onde e quando essas greves acontecerão – e se precisa de se preocupar com elas.

Greve dos seguranças no Aeroporto de Gatwick, Inglaterra

Numa tentativa de garantir “um salário justo”, os seguranças estão a planear greves nos dias 12, 13, 14, 19, 20 e 21 de Julho. Provavelmente, isso provocará atrasos significativos para os passageiros, embora não estejam previstos cancelamentos. Leia o guia completo sobre as greves em Gatwick aqui.

Greve dos controladores de tráfego aéreo na Turquia

Os controladores de tráfego aéreo estão em greve no aeroporto de Antália, na Turquia, causando atrasos significativos nos voos. Cerca de 50% das partidas e chegadas foram afectadas. Espera-se que as greves continuem até 14 de Julho, um domingo.

Greve dos trabalhadores aeroportuários em Itália

Os aeroportos de Bolonha, Crotone, Lamezia Terme, Milão, Reggio Calabria, Roma e Veneza estão todos prestes a sofrer interrupções, pois funcionários sindicalizados de aeroportos em toda a Itália farão greve no dia 5 de Julho.

Greve dos pilotos na Irlanda

Os pilotos da Aer Lingus começaram uma greve de zelo por tempo indeterminado, o que significa que não trabalharão fora do seu horário estipulado nem aceitarão mudanças de horário. Isto começou a 26 de Junho, e até 7 de Julho cerca de 400 voos foram cancelados. É melhor verificar o status do seu voo antes de sair para o aeroporto.

O que acontece se a sua companhia aérea entrar em greve?

Se os funcionários em greve causarem o atraso ou cancelamento do seu voo, a companhia aérea geralmente é obrigada a ajudá-lo e/ou a fornecer compensação. No entanto, isso muitas vezes depende das condições de transporte da sua companhia aérea, bem como da extensão do seu seguro de viagem. Estas informações devem estar facilmente acessíveis no site da sua companhia ou seguradora.

No entanto, se reservar o seu voo já sabendo que uma greve está prevista (ou seja, se já foi anunciada pelo sindicato), é muito improvável que receba compensação. Antes de reservar, certifique-se se há datas de greves não apenas na companhia aérea pretendida, mas também nos aeroportos de partida e chegada.

Claro, vale a pena lembrar que a ameaça de uma greve é isso mesmo: uma ameaça. As greves são usadas principalmente como moeda de troca nas negociações entre sindicatos e empregadores, por isso há sempre a possibilidade de ambas as partes chegarem a um acordo antes que a greve realmente aconteça.

Em qualquer caso, se a sua viagem envolver alguma das companhias aéreas, destinos e datas mencionados acima, certifique-se de manter um olho no status do seu voo e prepare-se para uma viagem com mais perturbações do que o esperado.

Siga o canal da Time Out Lisboa no Whatsapp

+ Qual é a melhor região de turismo nacional? Os Açores

Escrito por

Rate it

0%